6 tipos de vendedores que podem irritar os clientes

Cuidado com certos perfis de vendedores.

Precisa melhorar as suas metas e está com dificuldades de fechar negociações? Talvez o problema esteja na sua equipe. Preste mais atenção no comportamento dos vendedores.

Você já deixou de realizar uma comprar por conta da atitude do vendedor?  Talvez por ele ter se apresentado muito ansioso, ou sem educação, mal informado sobre o que estava vendendo ou irritantemente próximo?

Esses comportamentos podem irritar o cliente, o qual hoje em dia está muito mais exigente quanto à qualidade do atendimento.  E caso não o agrade ele tem a consciência de que, pode encontrar o produto ou serviço que procura em outro lugar.

O cliente quando sai para adquirir um produto ou serviço, na maior parte das vezes já realizou alguma pesquisa a respeito. Então quando chega até um estabelecimento, espera encontrar alguém que o ajude. E não alguém que quer simplesmente bater metas ou tirar vantagem em cima dele.

Quando se tem esse tipo de vendedor na sua equipe, ele não é ruim só para o cliente, mas para a sua equipe e os seus negócios também.

Portanto é preciso investir em atendimento!

E quando falamos em atendimento estamos falando das vendas e do pós-vendas assim como, na hora das trocas.

E por que não pensar no atendimento durante as trocas de produtos? Já que estamos chegando na época das compras de Natal e logo após vem a temporada das trocas de presentes.

Um vendedor sem habilidade pode achar que não ganhará nada na hora da troca. E por conta disso é muito comum que os clientes sejam mal atendidos nessa hora. Porém, é uma grande oportunidade de vender outros produtos ou então, mesmo que você não venda naquela hora, conquistá-lo pelo bom atendimento para que ele volte.

A seguir, seis tipos de vendedores que podem irritar qualquer cliente:

  1. O vendedor ansioso

Aquele que tenta empurrar vários produtos de uma vez só ou então tenta convencê-lo a comprar um produto específico. Ele acaba transferindo para o cliente a pressão que ele sofre. É um dos mais desanimadores.

  1. O vendedor que não ouve

É quando o vendedor não presta atenção no que o cliente realmente quer. Ele acaba irritando o cliente, porque deixa claro que ele só se importa em vender e não em satisfazer o seu cliente.  

  1. O vendedor chiclete

É aquele vendedor que gruda no cliente assim que ele entra no estabelecimento. Ele não dá espaço para o cliente, não o deixa a vontade. É interessante o cliente ter consciência de que você está de prontidão para atende ló, mas deixe o respirar. O cliente por não se sentir a vontade é bem capaz de sair correndo do estabelecimento antes de olhar o que tinha interesse. 

  1. O vendedor palpiteiro

O vendedor que mais parece cliente. É aquele que fica dando opinião sobre o produto, sem o cliente ter pedido a sua opinião. O vendedor ou se coloca na posição de cliente ou não deixa o cliente opinar. O vendedor deve dar a sua opinião só se ela for solicitada e de forma para ajudar o cliente e não para decidir por ele. 

  1. O vendedor que só faz número

Você já entrou em um estabelecimento onde encontrou uma rodinha de vendedores jogando conversa fora? Ai você se vê sozinho. E quando pede um auxilio o vendedor: te atende de má vontade, ou olhando para o celular, que dá respostas monossilábicas e ainda apresenta certa resistência para mostrar os produtos. Isso tudo faz com que o cliente saia insatisfeito e não realize a compra. 

  1. O vendedor perdido

Sabe aquele vendedor que vai buscar o produto no estoque e “nunca mais volta”. Ou aquele estabelecimento onde nem o cliente nem o vendedor sabem onde esta determinado produto. A falta de organização e ou de conhecimento da disposição dos produtos por parte do vendedor, pode também deixar irritado o seu cliente.  As pessoas vivem com pressa e a ultima coisa que elas querem é perder tempo esperando o vendedor se encontrar na loja.

Invista em atendimento. Não basta querer vender tem que saber atender.

Deixe seu comentário